Categorias
Uncategorized

Pratique a ergonomia em casa para uma qualidade de vida

A Ergonomia é uma ciência que surgiu da necessidade humana de facilitar a própria vida. Ela está relacionada ao uso de objetos e equipamentos associados às nossas tarefas, capazes de evitar o nosso esforço. Pode ser desde os mais simples como talheres, a cadeira e a cama até mesmo os mais complexos, como o computador, a cama, o carro etc.  

No ambiente de trabalho a ergonomia é amplamente utilizada. As empresas adotam os princípios ergométricos para evitar doenças laborais como problemas de coluna, posturas de risco, LER e consequente afastamento do trabalho e queda na produção. 

Hoje, com a recomendação do isolamento social, a chamada quarentena, passamos dias e dias em casa, trabalhando, limpando os ambientes, fazendo comida. Diversos turnos de tarefas diferentes no mesmo lugar exigindo muito da mente e mais ainda do corpo.  

Nesse turbilhão de afazeres quase sem descanso, a ergonomia ganhou extrema importância também em casa. Você já parou para pensar que problemas como dores de cabeça, dor no pescoço, pernas e braços podem estar ligadas a questões ergonômicas dentro do próprio lar? 

Para ajudar você passar esse tempo em casa com mais conforto e menos dores, nós vamos dar alguma dicas simples de ergonomia, mas muito valiosas. 

1. Utilizando o computador

Mantenha a coluna na posição vertical, evite que ela fique se curvando ao digitar. Para isso, ajuste altura da mesa, teclado e monitor. A mesa de computador deve permitir ao braço fazer um ângulo de 90 graus ao usar o teclado. O monitor deve estar com o topo da tela na altura dos olhos. Cadeiras com rodinhas são mais apropriadas, pois é mais fácil para você fazer pequenos movimentos para pegar algo sem precisar se contorcer. Evite sentar na beirada da cadeira. Os pés devem estar apoiados, se necessário, use um suporte como banquinho ou outro descanso. 

2. Assistindo à televisão

É difícil resistir à tentação de se deitar colocando a cabeça no braço do sofá para assistir à TV. Mas essa posição é altamente propícia para uma dor de cabeça. O ideal é se sentar apoiando o tronco. Já a TV deve estar a uma distância adequada para evitar a fadiga visual e consequentes dores de cabeça. Antes de comprar, procure verificar o tamanho da tela e se está de acordo com o tamanho do ambiente. Não apague todas as luzes para ver TV, pois causa fadiga visual.  

3. Lendo e estudando

Para ter um melhor aproveitamento da leitura e dos estudos, dê atenção à mesa, iluminação e postura, pois o uso correto desses elementos ajuda a evitar dores de cabeça e fadiga visual. 

A mesa de leitura e escrita deve ficar na altura do estômago. Não leia deitado. Se você tem o hábito de ler antes de dormir, faça isso sentado em uma cadeira, poltrona ou até mesmo na cama, se puder, apoiando os braços. 

Use iluminação adequada, de preferência a natural. Caso não seja possível, a luz direta sobre a mesa é a mais indicada. 

Se for ler ou estudar por longo tempo, faça pausas de 10 minutos a cada hora. Levante-se, vá tomar água, vá até a janela, enfim, evite ficar na mesma posição. 

4. Realizando tarefas domésticas

Ao cozinhar, organize utensílios e ingredientes para ter todos à mão ou próximos antes de começar. 

Ao lavar a louça, uma dica importante é manter um banquinho embaixo da pia, para apoiar um pé de casa vez, alternadamente. A mesma dica pode ser utilizada ao passar roupas. 

Quando for pegar algum objeto do chão ou limpar algo abaixo da linha da cintura, abaixe-se com a coluna reta, flexionando os joelhos e não a coluna. 

Siga essas dicas e cuide do seu corpo para passar da melhor maneira. Elas literalmente vão te ajudar a evitar muitas dores de cabeça.  

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *